Adicione aqui o texto do seu título

As Melhores Dicas para a Gestão de Pequenas e Médias Empresas

A gestão de pequenas e médias empresas requer uma atenção redobrada, principalmente durante os primeiros anos. Conheça os passos e dicas que podem fazer a diferença!

Ter um negócio é, por si só, um trabalho difícil e que implica muitos desafios. No entanto, quando falamos da gestão de pequenas e médias empresas, os obstáculos são ainda  maiores.

Antes de se iniciar nesta aventura, é essencial que faça um estudo do mercado. É preciso ter um profundo conhecimento da economia, do mercado, da concorrência e, acima de tudo, do seu próprio negócio.

A IT Logic partilha consigo 10 dicas e passos que vão ajudar a encaminhar o seu negócio de pequena dimensão rumo ao sucesso!

Dicas de gestão de pequenas e médias empresas

1. Crie um plano de negócios

Antes de se iniciar na aventura que é criar uma empresa, o primeiro passo deve ser criar um plano de negócios. Apesar de parecer uma tarefa morosa e aborrecida, este documento é essencial para que consiga fazer uma correta gestão da sua empresa. 

Mas afinal, o que é um plano de negócio? Resumidamente é um documento que explica detalhadamente o que é a sua empresa. Aqui deve estar explicado qual a ideia principal, o público alvo, as necessidades a que pretendem dar resposta e todas as restantes informações sobre o negócio.

Este documento deve servir de base em todas as decisões necessárias e ser atualizado regularmente.

2. Defina as suas metas e objetivos

Este ponto deve estar incluído no plano de negócios, mas a sua importância é tal que é importante reforçar.

Depois de fazer o seu estudo de mercado, deve estabelecer um plano de metas e objetivos a alcançar. Este planeamento deve ser realista e sempre com timings concretos.

Ao ter este ponto bem definido, torna-se mais fácil medir resultados, fazer balanços e saber o caminho a seguir no futuro.

3. Aprenda sobre finanças

Não é assim tão incomum encontrarmos gestores que apenas têm os conhecimentos mais básicos sobre economia e finanças. No entanto, na gestão de pequenas e médias empresas, isto é algo a evitar.

Ter conhecimentos sobre gestão e finanças é um passo fundamental que não deve deixar de lado. A qualquer momento, pode ser posto à prova e o desconhecimento, para além de criar uma má imagem, também gera desconfiança por parte de parceiros e clientes.

Gestão de pequenas e médias empresas - aprenda sobre finanças - IT Logic

4. Reduza os custos

Na gestão de pequenas e médias empresas é fulcral estar atento a todas as oportunidades de redução de custos. Afinal, a lógica é muito simples: se conseguir reduzir os custos, por muito pouco que seja, a sua margem de lucro será maior!

Com este passo, o seu negócio pode tornar-se ainda mais forte no mercado. A redução de custos torna a sua empresa mais competitiva e permite-lhe oferecer preços mais interessantes aos seus clientes. 

Contudo, é também preciso ter muito cuidado onde se reduz os custos. Um dos principais erros neste campo é reduzir a qualidade do produto ou serviço. Esta deve sempre manter-se inalterada ou vai gerar queixas e descontentamento no cliente. Lembre-se sempre que a qualidade é insubstituível!

5. Separe as finanças profissionais das pessoais

Falar sobre a separação das contas pessoais e da empresa pode parecer básico, porém nunca é demais reforçar! 

Esta prática ainda é comum na gestão de pequenas e médias empresas e é algo que deve ser evitado ao máximo. Num primeiro momento até pode parecer que as suas despesas pessoais em nada afetam as contas da empresa, mas acredite que a longo prazo, isto pode procurar danos severos nas finanças do seu negócio.

6. Crie um fundo de emergência

A gestão de pequenas e médias empresas é repleta de desafios e imprevistos. Por isso mesmo, é importante criar um fundo de emergência

Esta é uma das formas mais seguras de garantir que é sempre capaz de cumprir com os seus compromissos. Gastos com possíveis demissões, direitos dos colaboradores, subsídios e outras despesas podem ser geridos de forma mais eficiente com este fundo. Assim, consegue evitar mexer no fluxo de caixa. 

Gestão de pequenas e médias empresas - motive e recompense os seus trabalhadores - IT Logic

7. Motive e recompense os seus colaboradores

Os colaboradores são um dos ativos mais importantes de uma empresa. Lembre-se que, sem eles, o seu negócio nunca seria capaz de dar uma resposta eficiente aos pedidos dos clientes.

Apesar de muitas empresas se guiarem pelo lema de que ninguém é insubstituível, este é um pensamento a evitar. Contratar novos colaboradores significa investir mais tempo em formação e ser capaz de reconhecer que qualquer pessoa precisa de um período de adaptação.

Por isso mesmo, preocupe-se em manter os seus colaboradores motivados e recompense o seu esforço e dedicação. Esta recompensa não passa apenas por questões monetárias. Apesar de um salário atrativo ser importante, também é essencial que as pessoas se sintam bem dentro da equipa e que o seu trabalho e esforço sejam reconhecidos e valorizados. Lembre-se sempre que colaboradores felizes são mais produtivos e geram sempre melhores resultados!

8. Aprenda a delegar

Um dos principais erros cometidos na gestão de pequenas e médias empresas é não saber delegar tarefas. Acredite, nunca vai ser capaz de fazer tudo sozinho!

Enquanto gestor, aprenda a delegar. Só assim vai conseguir reduzir o tempo que gasta em tarefas operacionais e conseguir focar-se no crescimento da sua empresa.

Para além disso, delegar é a melhor forma de mostrar que confia nos seus colaboradores. Isto é um ponto importante para manter a sua equipa motivada e fazer cada um sentir-se valorizado.

Gestão de pequenas e médias empresas - IT Logic

9. Estabeleça os processos

Na gestão de pequenas e médias empresas é muito importante que tenha os processos e respetivos timings bem definidos. Cada tarefa necessária deve ter um guia de orientação para colaboradores. Isto permite que a delegação de tarefas seja mais simples e que a resposta seja mais eficaz.

Para além disso, é importante ter em conta que ter processos padronizados só é vantajoso para si e para o seu negócio. Isto permite reduzir custos, aumentar a produtividade, diminuir possíveis erros e a manter o padrão de qualidade.

10. Automatize ao máximo

Como já deve ter ouvido muitas vezes, tempo é dinheiro. Por isso, não pode perder tempo com tarefas que podem – e devem – ser automatizadas. Neste campo, o destaque deve sempre ser dado aos softwares de gestão.

Estes sistemas, para além de ajudarem a gerir a contabilidade, são vistos como o braço direito de muitos gestores. No entanto, para que isto seja a sua realidade, é preciso escolher o software certo  para o seu negócio. Isto quer dizer que esta ferramenta deve adaptar-se à sua empresa, e não o contrário.

Uma das soluções mais completas do mercado é o PHC CS Advanced. Este sistema foi desenhado e desenvolvido com foco na gestão de pequenas e médias empresas. Esta gama PHC combina anos de conhecimento adaptado às necessidades dos negócios de pequena dimensão.

Na IT Logic, enquanto especialistas em softwares de gestão, podemos ajudá-lo a perceber como é que esta ferramenta pode ajudar a sua empresa a otimizar processos e a gerir o seu negócio, passo a passo.

Quer implementar um software de gestão à sua medida?